04 março 2007

Que dia!

Chiça penico ! Lá diria o querido Shrek!

Já não bastava uma pessoa ter indeterminações na vida pessoal ainda tinha que levar com mais umas quantas na tão famosa matemática !

Logo agora que começava a ter mais algumas "determinações" na minha vida, tinham que aparecer estas meninas!
Juntamente com elas vêm os limites!

Eu sei que eles têm que existir, mas podiam complicar menos a vida a uma pessoa (pessoal e matematicamente falando).
Para piorar, quase todos os limites nos levam ao infinito. Não podíamos ficar por mais perto?!
Só depois de vermos o resultado destes queridos é que vemos a nossa sorte.
Ou nos dá um resultado único,um número redondo, o que é muito bom, ou então, o que acontece na maioria das vezes lá vêm elas, as indeterminações. Só para nos chatear a cabeça!

Hoje foi demais, limites para aqui, indeterminações para ali, levantar indeterminações para acolá.
Irra...que dia!
O de amanhã não se espera muito melhor! Agora para acabar, ainda vou ter de me dedicar ás Funções Logaritmicas , à Modelação e quiçá ás Probabilidades!
E a vontade? Onde anda?

Isto é o que se pode chamar um dia com uma grande probabilidade de conhecer os nossos limites a fim de chegarmos ao infinito ... (e... mais além) !!!!

Boa Semana !!!

2 comentários:

abominavel disse...

Para ajudar nas indeterminações...

"Sem ti, a casa está vazia. Sem ti, o quarto não tem cheiro. Sem ti, a açorda não tem sabor. Sem ti, o Bairro não tem gente. Sem ti, as ruas não tem alma. Sem ti a cidade não tem beleza. Sem ti, a vida não tem graça...".

Anónimo disse...

Desculpa a invasão mas nao percebo porque é que alguem que diz palavras tão bonitas se vê obrigado a esconder por detrás de um pseudonimo ?