02 novembro 2011


'Cause nothing lasts forever
And we both know hearts can change
And it's hard to hold a candle
In the cold november rain






'Cause nothing lasts forever... even cold november rain

20 agosto 2011

Autumn-Winter 2011-2012


Com um título destes até parece que vou anunciar ou falar sobre a nova colecção, como fosse uma expert na matéria. Não.
Este post é mesmo para me mentalizar, e depois do dia cinzentão de hoje, apesar do calor, que não tenho NADA para vestir na estação que aí vem...

Não sei como vai ser. Aceita-se conselheiro(a). É urgente. Com capacidade de me fazer gostar, um bocadinho que seja, de comprar roupa... Tarefa nada fácil, aviso já.

30 julho 2011

Os 13 anos de hoje já não são os mesmos

Podem chamar-me insensível, mas a verdade é que quando me vejo confrontada com noticias como esta não parto logo para a condenação do suposto agressor.
É certo que, neste caso, se trata de uma pessoa com o triplo da idade e que tem noção do que está a fazer. Segundo as notícias, fez-se passar por alguém mais novo, para conseguir abusar de meninas indefesas. Não, não concordo e condeno por completo esta atitude. Mas agora passemos a pensar no que normalmente as pessoas se esquecem.
Uma menina de 13 anos no meio de alguma, e alguns casos muito pouca, ingenuidade e inocência, já tem noção das coisas. Não me venham dizer que é normal uma menina, mesmo que seja para alguém com idade próxima da sua, se dispa sem pudores à frente de uma câmara de um computador.
Chamar violação ao que, alegadamente, se passou neste caso, parece-me exagero quando comparado com noticias, essas sim que me revoltam, de familiares que abusam dentro da sua própria casa de filhas, sobrinhas , em alguns casos com menos de meia dúzia de anos de idade.
Aqui, a menina que se deixou iludir a pontos de se despir para um conhecido, abriu a porta da sua casa e deixou entrar um desconhecidos várias vezes para se deixar violar. Sim. Disse deixar violar. Porque foi ela que abriu a porta.
Não foi assim há tanto tempo que passei pelos meus 13 anos. Já não me considerava ingénua. Já tinha namoricos. Já sabia bem o que era o bem e o mal, mas quando me comparo com as miúdas de agora reparo que era um anjinho.
As meninas que passam dias inteiros na Internet têm toda a informação. Sabem os perigos. Sabem o que devem ou não fazer. Mas preferem correr riscos. Estão na idade. Faz parte do processo, mas depois não se queixem.
Esta menina abriu a porta a um desconhecido. Várias vezes. Ficava sozinha em casa. Tem 13 anos. O agressor tem 42. Parece que há indícios de abusos com outras meninas. Deverá ser condenado. Então mas e estes pais? Que parece que se demitem do papel de pais e deixam uma criança com acesso total ao perigo e ainda devem achar graça às poses ousadas das fotos que publicam nas redes sociais. E esta criança que, abusou da confiança dos pais, e deixou um desconhecido entrar várias vezes na sua casa? Um castigo? Não!??
Vai continuar a haver violadores. Vai continuar a haver monstros que se apoderam de crianças indefesas. Mas também vai continuar a existir pré adolescentes curiosas, com sede de crescer, de desafiar os perigos e os limites e de experimentar tudo o que a vida tem para oferecer...

24 julho 2011

Das amizades

É certo que os amigos são aqueles que escolhemos. Então devo concluir que sou eu que escolho errado, é isso?
Nunca tive muitos amigos. E talvez por isso fui tão selectiva e exigente, menos do que devia, com os que conseguiram esse estatuto.
Dei sempre o que pude. Era a amiga e colega para os trabalhos de grupo, sempre a mais sobrecarregada. Era a amiga para encobrir um namorico. Era a amiga para ficar horas a ouvir os lamentos, os desgostos de amor, a limpar as lágrimas. Era a amiga que ficava a pensar no mal-estar da casa dos amigos. Era a amiga ideal para sair, porque não bebe. Era a amiga ideal para as voltinhas porque era a que tinha carro e estava sempre disponível. Agora, e alguns anos volvidos e muitos pontapés depois, vejo que sou a amiga totó. Que esteve sempre quando era preciso. Que chorou muitas vezes as lágrimas que deviam ser choradas por quem dizia que tinha os problemas. Que vibrou com os sucessos por outros alcançados. Sou a amiga que fez tudo, mas que agora já não é necessária nem lembrada...
Tudo passa. E se as pessoas passaram foi porque, se calhar, não eram assim tão importantes. Tendo mentalizar-me disto. Selecção natural. Desilusão total. Pensava ter poucos mas bons e afinal ... fui eu que escolhi mal!!! Foi isso.

18 junho 2011

A minha cidade, Lisboa!


"Basta que Lisboa seja simplesmente o que deve ser: culta, moderna, limpa, organizada - sem perder nada da sua alma. E se todas estas bondades acabarem por fazer dela uma rainha, pois que o seja. Na república que nós somos serão sempre bem-vindas rainhas assim"

José Saramago


E em poucas palavras se descreve esta cidade que é (a) minha. É nossa. É de todos!

10 junho 2011

Tenho para mim...

que onde estava mesmo bem, era por aqui!

Dia de Portugal

Muito de sem falado e escrito sobre o dia de hoje. Os discursos. As comemorações. A crise.

Hoje, Dia de Portugal , prefiro assinalá-lo de outra forma. Comemorando e enaltecendo o que Portugal tem de melhor. Um país, que apesar da crise, tem muito para oferecer.

Tem de se descobrir e deixar ser-se descoberto. Para que encontremos um caminho, para um Different Portugal :)

05 junho 2011

É sempre bom saber o que esperam de nós *


Empolgada, e querendo quebrar a minha forma de ser fechada e de guardar tudo só para mim, quis partilhar algo que pretendo fazer nos próximos tempos. Algo que me parece ser positivo. Algo que, na pior das hipóteses, pode representar apenas conhecimentos adquiridos.
Desta partilha, que custou em captar a atenção e em ser aceite, apenas uma reacção "Quem é que te pôs isto na cabeça?"

Paragem por alguns segundos. Questionei (-me) se não me viam capaz em querer dar um rumo à minha vida, em fazer a minha escolha, em querer algo diferente, mas nem a isto obtive resposta. Ficou o silêncio. O desinteresse.

Agradeço a (in)compreensão!


* ou talvez não

Última oportunidade


+




+




É amanhã ou nunca.... :)

30 maio 2011

Por hoje é isto...





Save Room For My Love
Save Room For The Moment To Be With Me
Save Room For My Love
Save A Little Save A Little For Me

28 maio 2011

Para quando, São Pedro!?

Já estou um bocadinho farta disto. Uma pessoa acorda com sol. Toma o pequeno-almoço com outra alegria, faz planos e quando acaba... começa a escurecer e a chuviscar. Fica de noite às três da tarde. Troveja e chove como se não houvesse amanhã, ou como se não houvesse Inverno, e agora, quase as 19 horas, é que voltas a mandar um solinho simpático!?

Deves andar a brincar, de certeza...!!!

22 maio 2011

Assim vai o país...

Acredito que não tenha sido por acaso, mas hoje em poucos minutos, em duas peças jornalísticas, se resumiu como vai o nosso país.
Enquanto alguns milhares de pessoas se juntavam numa caminhada contra a fome, outros divertiam-se com uma tradição estúpida do país vizinho de andarem feitos malucos a mandar tomate a toda a gente que alinha nesta brincadeira. Curioso, que ainda esta semana vários agricultores de Coruche se queixavam que este ano seria para esquecer, pois com o mau tempo perderam vários hectares de plantações de tomate.

Somos coerentes ou não somos?

E lembrar que o desperdício não foi por causa de uma tradição nossa , como a tão criticada tourada ou os touros de Barrancos ...

Tenho uma sugestão: Já que os bilhetes de avião até não são nada caros, que tal irem passar uns diazitos com nuestros hermanos e fazer o desperdício por lá!?

20 maio 2011

Um dos possíveis destinos

A chave do Euromilhões já está registada. Se me contactarem durante o fim de semana e se não atender... é possivel que esteja por aqui!

19 maio 2011

Vamos lá falar em ser solidários...

Andava com um saco grande cheio de roupa, maioritariamente de homem, para dar dentro da mala do carro. Conheço um orfanato onde já fui diversas vezes entregar roupa de criança/adolescente, mas de homem não conheço nehuma instituição e tenho deixando andar a roupa às cambalhotas no carro.
Há dias surgiu a conversa que estava a decorrer uma campanha de recolha de roupa para algumas instituições e, como bónus ou incentivo, ofereciam vales em compras no referido centro comercial. Gostei da ideia porque, conheço um orfanato onde já fui diversas vezes entregar roupa de criança/adolescente, mas de homem não conheço nehuma instituição e tem sido esse o motivo para ter deixado andar a roupa às cambalhotas no carro. Hoje foi o dia de tentar a entrega. Lá fui eu carregada com a roupa até ao balcão de informações, onde tive o prazer do seguinte diálogo:

Martita: Boa tarde, gostaria de saber como podia entregar roupa para a campanha que está a decorrer.
Funcionária: Que tipo de roupa é?
M. : É roupa de adulto, de homem.
F. : Então mas a senhora não tem internet?
M. : Desculpe???
F. : Na internet não diz esse tipo de roupa. Neste momento só estamos a aceitar ténis e roupa para adolescentes e roupa para grávida.
M. : Ah desconhecia, porque no panfleto que vi não fazia essa referência. O que queria era mesmo saber que a roupa seria entregue numa instituição e dada a quem precisa...
F. : Pois, não sabia que recebíamos só esta roupa mas sabia dos vales, não é?
M. : (passei-me com a insinuações voltei a repetir o motivo...)
F. : Olhe já lhe disse que não aceitamos. Tem de ir a outro sitio.

Confesso que não gostei muito da atitude da Sra que desde o inicio me respondeu sempre como se estivesse a fazer um favor à humanidade. Só tive reacção de lhe desejar o "Resto de uma boa tarde e peço desculpa por ter incomodado".

Certo que até podem existir mais necessidades em certos tipo de roupa. Certo que, pelos vistos, já receberam roupa de homem e que devem continuar a ter a pareceria com essa instituição. Aceito tudo isto, só não aceito pessoas mal educadas e que, neste caso devem pensar que toda a gente deve ser como elas próprias, interesseiras !!!!

Posto isto, na mala do carro continua o saco. Nos contentores de rua não a vou pôr porque sei que mais dia menos dia estará no meio da rua sem ser útil a quem precisa. Vou continuar à procura de alguém que realmente precisa... se souberem de alguma instituição digam ! :)
.


08 maio 2011

Entre uma higienização e um conselho...bunga-bunga

Nicole Minetti, de 25 anos, era, segunda a acusação, uma das responsáveis pela angariação de prostitutas para as famosas festas ‘bunga-bunga' do primeiro-ministro italiano, juntamente com o apresentador de televisão Emilio Fede e o empresário nocturno Lele Mora. Os três terão estado envolvidos na contratação de pelo menos 33 mulheres.

Minetti, que trabalhava como higienista oral na clínica onde o primeiro-ministro fez uma reconstituição dentária na sequência da agressão sofrida em Dezembro de 2009, foi no ano passada eleita como conselheira regional do partido de Berlusconi na Lombardia, e era presença assídua e participante activa nas suas festas.

.

Pior a emenda...

Há dias quis instalar-se um Monte Everest , vulgo borbulha, na zona do meu queixo. Como estava ainda no inicio decidi colocar pasta dentífrica. Sim, para quem não sabia a pasta dentífrica é uma boa solução para secar borbulhas que ainda não estão num estado avançado.
Pois bem, coloquei um bocadinho desta maravilha em cima da borbulha e acabei por adormecer. Na manhã seguinte quando acordei, ainda lá estava a pasta, mas por baixo estava também um circulo de pele seca. Com a borbulha secou, ou pior, queimou, a pele que estava ao redor da borbulha. Instalou-se o pânico. Não tinha nada bom aspecto. Uma crosta de pele seca, com uma cor mais escura no lugar de uma linda borbulha.
Solução para este problema? Hidratar bem a pele. Se bem que já sabia que só iria passar quando a pele danificada caísse.
Foi então que pensei “Se com mezinha asneira acabei de fazer, com mezinha vou resolver!”. Posso dizer-vos que passados 3 dias, já não tenho vestígios deste pequeno problema. Como resolvi? Muito óleo de amêndoas doces e carradas de vaselina. Minhas amigas, foi a melhor opção que fiz. A vaselina no último dia "amoleceu” esta pele seca e enrugada que acabou por sair inteirinha, como se fosse uma fina película, sem deixar marcas.

Conclusão:
1. Continuo com pele de rabinho de bebé.
2. Voltar a usar pasta dentífrica para secar borbulhas, mas durante menos tempo :-)

.

I know you're somewhere out there




.
.

07 maio 2011

Há sonhos e sonhos


E quando um sonho (pesadelo?) que ocupa e atormenta a noite inteirinha - e apesar das várias tantativas em acordar para ele se ir embora, sem qualquer sucesso - acaba por condicionar o nosso estado de espírito?

Ah e tal foi só um sonho! Pois foi. Eu sei. Mas verdade é que ele tomou conta não só da noite mas também do meu dia!

Imaginem agora se fosse realidade… :-(

01 maio 2011

Sabe-se que "algo" está errado



Quando, num Domingo depois de alguns dias de férias que podiam ter sido bem melhor aproveitados, se desespera a olhar para o relógio à espera que a Segunda-feira chegue depressa.

Estamos bem. Estamos muito bem....
.

24 abril 2011

São ou não o melhor do Mundo!?


Entre irmãos há sempre alguma rivalidade. Os meus brinquedos são mais giros que os teus. O pai ou a mãe gosta mais de mim do que de ti. Eu sou mais bonito(a) que tu...
A juntar a estas rivalidades, junto mais uma. A discussão qual madrinha é a melhor, mais gira, mais fixe (percebi que é uma expressão ainda muito usada), mais divertida e mais fofinha :)
Já assisti a cenas destas entre a minha afilhada e a irmã. A minha afilhada é a mais nova.
A irmã também andou ao meu colo de pequenina. Quando a M. nasceu , e ainda quando estava na barriga, todos se aperceberam que os ciumes eram e seriam mais que muitos. E hoje, se bem que de forma diferente, com a forma de uma recente-adolescente-geração-Morangos-com-Açúcar, esse ciume está sempre presente.
A última demonstração que tinha havido comparação entre madrinhas foi, depois de beijinhos, abraços e festinhas, coisas que me sabem pela vida, com um ar preocupado e curioso a M. me avisa:

Madrinha, tens de ter bebés. Tenho a certeza que vais ficar ainda mais bonita, e se és tão fixe comigo serás ainda mais com eles. E os teus filhos vão ser lindos. Mas não te atrases muito que eu quero tomar conta deles. Se não te despachares, depois começo a namorar mais a sério com o T. (namorado de 4 dos longos 9 anos de vida) e não vou ter tempo para isso... :)

Mais tarde percebi que o filho da madrinha da irmã tem passado algumas tardes com elas. Mas perspicaz que só ela, ao contarem as gracinhas que ele faz , me conforta com - e reparem que falou sempre no plural... - os teus vão ser muito mais giros e fofinhos :)

Este foi o meu ovo da Páscoa !!!
.

27 março 2011

Ai se o arrapendimento não pudesse vir ser tão grande...

... adoptava já amanhã o novo corte de cabelo da Rita Pereira!!

Aiiii que fiquei tão tentada!!!! Gostei! E dá para o cabelo selvagem e para o domesticado....! Hummm vou pensar bem nisso!

18 fevereiro 2011

♥ Se hoje (te) posso pedir alguma coisa ♥

E às 00h35 nasce(u)...


Um ser individualista, anarquista que dificilmente cede aos costumes e às regras. Adora resolver enigmas, observar e estudar a solução dos problemas. É um observador nato e tem uma tendência natural para o ocultismo. Tem um enorme sentimento procriador. Interessa-se pelos seres humanos em geral. Á sua psicologia acrescenta-se um agudo sentido crítico e um instintivo poder relativamente ao foro psicológico, mas por outro lado, tem um sentido de revolta . Assim, este recusará as iniquidades sofridas pelos outros e irá tentar combatê-las. Esta configuração dá uma tendência para reagir mal aos extremos do conservadorismo tradicional e familiar, fazendo com que o indivíduo queira romper com a família e se lance numa vida nova.
A sua actividade mental é intensa e vocacionada para o estudo do conhecimento interior humano. A este ser faltar-lhe-á sentido prático, flexibilidade e terá tendência para se irritar com facilidade. Por vezes poderá ter um destino difícil com alguns sofrimentos e desgostos na juventude e em relação à família.
A paixão impulsionará a sua vida. Bom psicólogo, perspicaz, sabe ir até ao fim nas suas convicções. Poderá ter aptidões para a investigação, para a ciência e para a biologia, assim como para as grandes descobertas que o poderão conduzir à glória.
Consegue trabalhar empenhadamente desde que se envolva emocionalmente.

Tem talento para a sociologia, o comércio e para os negócios, mas também poderá estar vocacionado para as forças armadas, principalmente para a marinha. A indústria petrolífera, o comércio de vinhos, a área de seguros ou a engenharia de minas também poderão atraí-lo.

14 fevereiro 2011

Os Signos e o Amor - "Aquário"

Planeta regente: Úrano
Planeta em exaltação: Mercúrio
Elemento: Ar
Qualidade: Fixo
Palavras-chave: excentricidade, criatividade, liberdade

Como é um Aquário?
Contrariamente ao que se possa pensar, e apesar de simbolicamente este Signo envolver água, Aquário não é um Signo do Elemento Água, mas de Ar. Água tem a ver com emoção, com fantasia; o Ar é racionalidade, lógica e intelectualidade, características que têm mais a ver com Aquário. Este é o Signo típico do rebelde e do revolucionário, para quem o conceito de pátria é muito limitador e que se sente compelido a lutar contra as injustiças do mundo. Aquário tem a ver com democracia, com liberdade, com fraternidade, com a capacidade de ver o outro como um ser igual a si. É por isso que é um Signo voltado para o colectivo, para os amigos, que valoriza a amizade, por vezes mais do que o amor. Ao contrário do Leão, o seu Signo oposto, mais voltado para o Eu enquanto indivíduo, Aquário apela à exaltação do Eu colectivo, do grupo ou da comunidade. Juntos formam o eixo V/XI, que nos fala do modo como nos vemos enquanto indivíduos e da maneira como nos inserimos no grupo. Aquário é regido por Úrano, uma energia que apela à mudança e a tudo o que é inconvencional. De facto, estes nativos são geralmente avessos à rotina e a horários rígidos e apreciam tudo o que é diferente e fora do comum. Aquelas pessoas que apreciam andar sempre de mochila às costas e que gostam de viajar e de visitar aqueles sítios que mais ninguém conhece provavelmente têm uma energia aquariana muito marcada. É também Úrano quem lhes dá os laivos de genialidade, curiosidade mental e a sua enorme criatividade. É um Signo que por vezes é considerado pouco emotivo, pois, mais do que viver os sentimentos, Aquário procura racionalizá-los. Uma presença forte destas características poderá verificar-se através de um Ascendente Aquário.

Como é a convivência com um Aquário?
Viver com um Aquário implica conviver com o seu grupo de amigos ou participar nas suas inúmeras actividades. Um aquariano típico entrega facilmente as chaves da casa a um amigo para que dela possa usufruir na sua ausência. Não é um Signo propriamente caseiro, pelo que o lar é visto como um local que é necessário ao repouso, à convivência e pouco mais. Em todo o caso, quando numa relação a dois, são seres que procuram colaborar na gestão da casa e que não se escusam a participar nas tarefas mais aborrecidas, já que têm um forte sentido de partilha. Esforçam-se para que a relação resulte e são pessoas que procuram apoiar o parceiro, bem como encorajá-lo a ir mais além e a ultrapassar os seus próprios limites.

O beijo de um Aquário...
É um beijo repentino, que surge quando menos se espera, é rápido e fugaz. O local poderá ser pouco convencional - num elevador ou perante uma plateia. Aquário tem frequentemente a fama de excêntrico, mas é um epíteto que é do seu agrado. Não é um Signo dado ao romantismo nem a grande emotividade e a sua forma de estar reflecte essa postura.

A sexualidade...
Para o Aquário, a compatibilidade intelectual é mais importante do que a sexual, embora, dada a sua natureza equalitária, se esforce para que o seu parceiro possa desfrutar do prazer tanto como ele. Como detesta a rotina, é dado a inúmeras fantasias e gosta de experimentar tudo o que é novo e diferente. Pela mesma razão, e também pela sua imensa curiosidade, poderá variar de parceiro como muda de camisa até encontrar a sua alma gémea. Aquário é o Signo menos conservador de todos, disposto a ir onde poucos se aventuram, inclusive a nível sexual. Quando sente desejo, demonstra-o sem rodeios e de forma muito original. Ele encarna o espírito do enfant terrible. Uma pessoa que lhe exija espera e moderação fá-lo perder o interesse. Pontos especialmente sensíveis: pernas e tornozelos.


Comprova-se !? ;-)

P.S

I


YOU