11 junho 2007

Explicações

Sempre foi conhecido o meu gosto pela Psicologia, e confrontada com o assunto do post anterior nada melhor do que arranjar uma explicação mais científica.

Se houve matéria que gostei de estudar na Psicologia foi precisamente A Psicologia do Desenvolvimento. Neste ramo foi muito curioso confrontar as ideias de alguns dos grandes nomes da Psicologia com a realidade do nosso quotidiano.
Pegando só no exemplo da personagem principal do post anterior, e atendendo à sua faixa etária, há considerações a fazer:
_ Segundo Piaget, o estádio pré operatório (2-7 anos) é caracterizado por uma inteligência simbólica, é a idade do brincar ao faz-de-conta. O egocentrismo da criança está evidenciado, o mundo foi criado para si. Atribui emoções e pensamentos a objectos inanimados; materializa as suas fantasias; questiona os adultos o “porquê?” e sobretudo o “para quê?” das coisas;
_Segundo Freud, um dos incompreendidos, as crianças nesta fase interessam-se pelas diferenças anatómicas entre os sexos, as relações entre os pais e homem-mulher em geral, sendo também nesta altura a idade do tão famoso complexo de Édipo;

Pode ser que assim se consiga explicar o fantasiar de querer ser um rapaz em vez de uma rapariga, da verbalização de quase todas as crianças nesta altura da existência de um(a) namorado(a)

Realmente este mundo (Psicologia) tem mesmo de fazer parte de mim…e assim fiz jus à fama que tenho de querer sempre arranjar explicações para tudo!

1 comentário:

FCordeiro disse...

Só para relembrar que à questões paras as quais não há resposta...