29 junho 2007

Sorry...

Porque sei que não tenho um feitio fácil;
Porque sei que por vezes sou rispida e/ou até injusta;
Porque sei que sou muito temperamental;
Porque sei que por vezes acaba alguém por pagar a factura do mau humor ou das oscilações hormonais;
Porque sei tudo isto e muito mais acerca da minha, estranha, pessoa...




Sorry
Is all that you can't say
Years gone by and still
Words don't come easily
Like sorry
Like sorry

Forgive me
Is all that you can't say
Years gone by and still
Words don't come easily
Like forgive me
Forgive me

But you can say baby
Baby can I hold you tonight
Maybe if I'd told you the right words
At the right time
You'd be mine

I love you
Is all that you can't say
Years gone by and still
Words don't come easily
Like I love you
I love you

But you can say baby
Baby can I hold you tonight
Maybe if I'd told you the right words
At the right time
You'd be mine

Baby can I hold you tonight
Maybe if I'd told you the right words
At the right time
You'd be mine...

Para todos aqueles que são importantes para mim e que injustamente já foram vítimas da minha forma de ser...

1 comentário:

Ruben disse...

Há bem piores que tu...e que mesmo assim não têm nem a dignidade de pedir desculpa!
Estás no bom caminho ! LOL