10 maio 2007

Festival da Canção 2007



A incompreensão pode ser inferior se tivermos em conta a costela pimbalheira de Portugal.

Bem, já lá vai algum tempo desde que foi escolhida a canção que levaria o nome de Portugal além fronteiras, mas hoje como foi o grande dia , não podia deixar de fazer aqui um apontamento.
Confesso que quando me apercebi da canção que tinha vencido a eliminatória nacional da musica a levar a Helsínquia, não quis acreditar e até cheguei a pensar que não poderiam estar mesmo a falar do Festival da Canção. Aquele festival onde há alguns anos atrás Portugal fez alguns brilharetes.

Que fique aqui explicito que respeito o profissionalismo e o mérito que o tão conhecido Emanuel (rei da música pimba nacional) e da sua mais nova representante, a menina Sabrina (nome que nunca tinha ouvido falar nem por essas festas na terrinha)!Agora vamos ser realistas e justos, será que uma música assim com o seu quê de pimba/tentativa de imitação rasca de uma salsa poderia representar a pátria a fim de obter um bom resultado?! Parece-me que não!

Pronto, se calhar estou a ser demasiado injusta porque o objectivo pode muito bem ser não ganhar. Sim, porque só se o objectivo for não vencer o festival é que se compreende esta preciosa escolha.
Tenham dó…
Pimba por pimba que viesse o belo do Quim Barreiros ou do José Malhoa. Esses sim, pelo menos, metiam toda a gente a dançar.

Ahhh e fiquem com este tema na cabeça Dança Comigo (vem ser feliz) nunca se sabe se não pode dar uma boa banda sonora para..sei lá...um filme de casamento...enfim...mas que grande lolada!

Nota: Fiquei contente por constatar há pouco, que uma das minhas músicas preferidas deste festival da canção, da Hungria, passou para a próxima fase !

1 comentário:

Debby disse...

entao mas nao és tu(nós) que gostas de uma boa pimbalhada?
Mais um mes e estao ai os santos populares...LOL