03 maio 2007

O medo de gostar de ti...


E mais uma vez caiu a noite, como tantas outras.
Mas, ontem deixei-a chegar devagarinho, infiltrando-se em mim e em todos os espaços que me separam das coisas que me rodeiam.
Terá sido este o motivo das insónias?!
Não sei. Só sei que
Tenho medo de abrir os olhos.
Tenho medo deste sentimento que tive... saudades!
Tenho medo do que despertas em mim.
Tenho medo da própria paisagem que se "altera" quando tu te aproximas de mim.
Tenho medo porque me libertas de tudo que bloqueia.
Tenho medo porque me fazes sorrir e cantar mesmo que lá fora tudo esteja cinzento.
Tenho medo porque me roubas um sorriso, mesmo quando choro por dentro.
Tenho medo da intensidade que nos une.
Tento olhar para mim com um amontoado de possibilidades e mesmo de caminhos que talvez me possam fazer feliz e acreditar.
Mas não quero ver, tudo o que me pode fazer avançar.Não quero ouvir tudo o que me possas dizer para me levar á felicidade
Tal como aquelas noites que choro de felicidade e em simultâneo de dor e de medo!
E de novo admito que
Esta é mais uma das minhas fraquezas: O medo...
O medo de gostar de ti...
Querer acreditar em algo que nos una e, ao mesmo tempo, desejar nunca ter acreditado!

[ E mais uma vez este post é exclusivamente para ti ... aliás, como muita coisa em mim .. é só tua ]

1 comentário:

abominavel disse...

Contigo gostei de ficar,
Na eternidade ao teu lado
A mais alegre de todas as alegrias
Feliz seria.

Oiço a tua voz, o teu pensamento...
Vejo os teus olhos, lindos olhos.
Vejo o teu sorriso...
Sinto o teu cheiro, o teu calor...
Os teus gestos no meu pensamento estão gravados.

O teu respirar... eu sinto-o!
A tua alegria é uma droga que me dá prazer.

Porque penso em ti?
Estás perdida no meu pensar.
Estou rendido ao teu olhar
Ao teu ser
Ao teu fazer...

Ai! Não te suporto longe...
Falta-me as forças quando não estás...
Estoiram os meus olhos
vendo o que dói ao coração...
Sinto a tua falta.

Encontramo-nos num lugar chamado
Pensamento, onde só existe o meu e o teu olhar.