12 maio 2008

Globos de Pechisbeque

Pode ter muito valor, pode ter uma grande figura, no entanto, não partilho da mesma opinião quando a qualificam de ser uma grande apresentadora.
Por muito tempo que passe, a querida Bárbara Guimarães continua a ter grandes falhas nas suas apresentações. As gafes, são mais que muitas, e os trocadilhos deixam muito a desejar.
Ontem , do que vi, houve pouca coisa que captasse o meu agrado.

_ Do princípio ao fim, não gostei da apresentação. Seria escusado a apresentadora ter repetido 500 mil vezes a palavra "Adiante" já para não falar na intervenção "Ali está o meu maridinho. Estás bom? Já jantaste?", fazendo o senhor deslizar na cadeira de vergonha;
_ Sei que o senhor se põe a jeito às mais variadas críticas, mas era escusado humilhar daquela forma o Jorge Palma. Arrastá-lo como saco de batatas para fora do palco, não o deixando falar... Se fosse comigo, não sei se ficaria assim. Qualquer que fosse o seu estado, não havia necessidade de terem feito dele o bobo da côrte;
_ O Herman já devia ter juízo e tentar disfarçar a grande dor de cotovelo que devia estar ontem por não estar nomeado. Só isto explica as figuras patéticas e deploráveis que ontem protagonizou.
_ O meu sentimento pelo Cristiano Ronaldo, estende-se ao resto da família. As irmãs do génio da bola são deprimentes. Corrijo, umas oportunistas deprimentes.

Gostei:

_ Da homenagem ao Henrique Mendes;
_ Da simplicidade da nossa grande Vanessa Fernandes;
_ Das intervenções da Ana Bola e Maria Rueff;
_ E pouco mais...

Quanto às indumentárias, não me prenuncio. Espero que para o ano, a Gala, seja bem melhor.

1 comentário:

Abominavel disse...

Eu também queria um Globo de Ouro...