17 agosto 2008

Constatações Festivaleiras

Agora que já descansei um bocadinho e dormi sobre o assunto , venho com a minha veia mais critica, fazer algumas considerações em relação à noite de ontem.

» Se havia dúvidas que os Portugueses adoram uma festa, de preferência se for à borlix, e se a isso puderem juntar o Tapperware dos rissóis, ontem poderiam ter ficado dissipadas. Digo isto, porque ontem as pessoas que se encontravam atrás de mim, que como eu tinham estado no dia anterior, justificaram da melhor forma aquele número de pessoas. Se por um lado tinha tido mais atenção e divulgação pela comunicação social - até aqui tudo normal – por outro lado havia pessoas que estavam ali desde as 17h a guardar lugar. Já estou a ver os piqueniques que houveram por ali.

» Para além desta veia festivaleira, o Português no jogo do passa-a-palavra ou passa-um-mexerico não há melhor. Não vi ninguém interessado e muito menos que se tivesse apercebido do que se estava a passar no céu. Só estavam interessados em empurrar e a furar qualquer espacinho para o melhor lugar antes do espectáculo começar. Bastou eu sussurrar à minha amiga Olha, se não virmos o espectáculo, ao menos podemos dizer que viemos ao Parque das Nações ver o Eclipse da Lua. Já não é nada mau” , para ao nosso redor começar toda a gente a olhar para o céu e a comentar .

» Sabem o provérbio que diz “Há noite, todos os gatos são pardos” ? Pois que tinha dado muito jeito não ter tido como vizinho do lado, alguém com um perfume familiar. Já não me bastava aquela “tortura” olfactiva, a minha amiga ainda tinha de pôr na cabeça que o rapaz não estava ali inocentemente e que via nele algum interesse pela minha pessoa. Melhor? Para além do perfume, tinha o nome que não deveria ter… Ficamos por aqui? Não. Para além do nome e do perfume, tinha o carro que não deveria ter, num lugar demasiado perto do meu. Sorte a minha!!!

» Ainda houve uma ou outra coincidência. Um ou outro "encontro" inesperado, mas isso agora também não interessa nada...

3 comentários:

Ly disse...

Não me esqueço do menino tão apresentavel e tão bem educado. E tu nada.
Gostei muito. Obrigada pelo convite.

Debby disse...

O que eu perdi.

Edu disse...

kdo é k deixas de dar tampas?