06 julho 2008

Ponto da situação

» Chegar à praia às 10:00h de Sábado. Éramos um grupo de três gatos pingados estendidos na toalha de praia. Passados poucos minutos já fazia parte de um grupo de 15 pessoas.
» Almoço na casa do ex-futuro-padrinho (eu já sabia que não podias ter feito parte da minha família - se é que se pode considerar um padrinho, um familiar - pois desde sempre que não encarava muito bem ter de dividir contigo a minha heroína)
» Às 15:30 a concentração no sítio de sempre, para mais umas horas na praia do costume.
» Ao final da tarde, afastei-me para ver o pôr-do-sol onde já não via há muito tempo;
» Ficar enrolada na toalha, sentada na areia, à espera que as gaivotas anunciassem a chegada do almoço de Domingo;
» Chegar a casa. Estender toalhas. Ver que quem ficou já tinha o jantar adiantado.
» As peripécias de sempre com os banhos. Ninguém tem pressa para começar, no entanto, também ninguém que ficar para ultimo. Porquê? Porque tem de limpar a casa de banho ;)
» Sentar à mesa. Ver que estava rodeada pelas mesmas pessoas de há 15 anos, mas que agora já não era a mais nova. Fazer de baby-sitter
» Ver que num grupo como o deste fim-de-semana dá sempre jeito ter uma pita e um desportista como elementos. É que nunca se sabe quando se precisa de uns condutores de serviço, especialmente quando chega a notícia ao bar onde se está, que na única saída possível está a ser feita uma operação stop. E depois a malta nova é que não tem juízo, não é ? Se não fossem as crianças do grupo , alguém estaria mais pobre neste momento.

Domingo, 09:00h.
» Quase toda a gente dorme.
» Ver que, apesar de estarmos em Julho, o tempo não convida a uma ida à praia.
» Pegar na bicicleta e ir comprar o pão. Preparar a mesa de pequeno-almoço para os restantes.
» Almoço.
» Café na praia em jeito de despedida.
» Parque infantil com as crianças do grupo, e com os filhos destes também (não sei se perceberam... )
» A última voltinha de bicicleta.
» Beijinhos nelas e neles.
» Hora de voltar à cidade, que amanhã é dia de trabalho e de ficar a saber como serão ocupadas as manhãs dos próximos dias... M-E-D-O

Possivelmente devem estar todos a pensar: "Mas o que nos interessa como passaste o teu fim-de-semana?"
Têm todo o direito em pensar isso, mas fui obrigada a fazer isto pela maioria dos leitores deste blog, ou seja, pela maioria das pessoas com quem estive no fim-de-semana. Brincadeirinha...

2 comentários:

Edu disse...

Tens razao.Se n fossemos nos keria ver o k seria do pessoal. Os + novos deram-lhes 1 liçao.

João disse...

E por causa dos senhores da GNR lá aumentaste a tua lista de carros conduzidos.
Estou a ficar velho. Antes andava contigo ao colo, agora já és tu que me levas a casa e conduzes o meu carro.
E que coisa é aquela de não quereres que fosse teu padrinho?mauuuuuuuuuuuuuuu