21 fevereiro 2009

Regras do jogo...

Há uns dias um amigo dizia-me durante uma conversa “ Não te conhecesse eu tão bem e diria que nem te importavas com essa situação. Agora tendo em conta que ser dependente de alguém e/ou controlada não faz nada o teu género…” Mal sabia eu que poucos dias depois esta conversa faria tanto sentido, apesar do contexto ser difeente...
Raras excepções, que infelizmente ainda acontecem, o amigo R. até tem muita razão. Não, não gosto de gente metediça.
Quem é que disse que o facto da pessoa X ou a pessoa Y ser o nosso(a) melhor amigo(a) tem o direito de, quase, fazer a exigência de saber todos os passos que a outra pessoa dá!? ***

Para qualquer tipo de relação, que me envolva, dar certo, a primeira regra é : Respeitar o meu espaço !!! Preciso dele. É importante para mim.



*** Para a próxima, pede-se também, um pouco de mais sentido de oportunidade. E que seja escolhido um dia com menor significado para mim, para este tipo de teatrinhos infelizes...


Grata pela compreensão!


.
.

1 comentário:

Ruben disse...

É por isso que foges a sete pés de te entregares a alguém? Não achas que já está mais do que na altura de o fazeres? Mesmo que não o aches tu também mereces.
QQ tipo de reacção a estas perguntas fica para mais daqui a pouco pessoalmente.

Beijos miudinha