01 fevereiro 2008

Saudade ... !

Hoje é para ti...

Faz hoje 12 anos que perdi um dos meus maiores suportes emocionais. Uma das minhas maiores referências . O meu avô paterno.
Era menina, mas marcou-me para sempre aquele telefonema que trazia a maldita noticia minutos antes de sairmos para mais uma viagem para o visitar.

Foram meses de angústia, de sacrifício, de lágrimas de tristeza porque sabíamos que o teu estado não era nada animador, e até por vezes de alegria, sempre que nos vias entrar no teu quarto.
Contudo, foram anos de grande felicidade. Guardo para sempre o teu olhar, as tuas lágrimas de alegria e os teus grandes braços abertos para nos receber, sempre que nos vias chegar para mais uma visita (quando ainda estavas de saúde) . Aqueles teus abraços apertados que me chegavam a enervar por que não gostava de me sentir apertada, mas ao mesmo tempo que me enchiam a alma. Os nossos passeios, as nossas tardes e anoitecer sentados os dois lado a lado, a contares-me histórias e até muitas vezes a partilharmos só aquele silêncio do campo.
Tenho saudades de tudo isto. Foi difícil estar ou sequer aproximar-me dos nossos sítios. Ainda hoje me custa muito.
Por mais tempo que passe, tenho a certeza que esta felicidade de estarmos um com o outro seria para durar para sempre. Assim como dura até hoje. Não estás connosco, mas sinto que estás comigo todos os dias. E ainda continuo a crer que "aquela estrela mais brilhante lá no céu" és tu que estás a olhar por mim todos os dias.
É aí, nesses momentos que te sinto a abraçar-me, a dar aqueles teus beijos , a pegares-me ao colo. A dares-me força e a protegeres-me como se fosse o teu bem mais precioso. A mostrares-me a toda a gente com aquele olhar orugulhoso e babado de ser tua. De te pretencer.
Quero que me protejas para sempre. Quero que estejas para sempre comigo.
Estarás para sempre no coração da tua "menina", da tua "princesa", como carinhosamente me chamavas.

Fazes-me falta.
Fazem-me falta.
Tenho saudades tuas.
Tenho saudades vossas...


* É pelo facto de ter pena de não puder ter estado mais vezes contigo/convosco , de sentir que podíamos ter sido mais felizes, que estes dias são mais difíceis para mim. São menos alegres. Mas quero acreditar que todas as lágrimas que possa derramar, sejam sinal do amor que sinto por vocês. Que vocês sentem por mim.

3 comentários:

Primocas disse...

LINDA!!!
Tal como eu, onde quer que ele esteja tenho a certeza que estará muito orgulhoso de ti.
Porque tu és assim: ESPECIAL!
Hoje até te mando um Beijo do tamanho do mundo.
És Linda! Já te devem ter dito isto muitas vezes

Ruben disse...

Como há-de alguém ficar indiferente?

Abominavel disse...

Os amigos aqui da Martita se não for pedir muito respondam ao seguinte Survey
http://FreeOnlineSurveys.com/rendersurvey.asp?sid=j8be653oyc2815u394165