04 outubro 2007

Apostas?!

[ ... ]

Ela - Sabes que mais? Eu, assim como mais algumas pessoas, estou muito curiosa no dia em que te dignares apresentar um namorado.
Eu (risos) - Deves estar a brincar comigo. Só podes... Por que é que dizes isso?
Ela - Olha, sei lá...Porque estou curiosa para ver como vais lidar com essa condição. Se vais ser cola. Se vais ser despegada. Essas coisas todas.
Eu - Desculpa, mas isso é uma parvoíce. Será que sou assim tão fora do normal? Só falta dizeres que serei um objecto de estudo para n pessoas...
Ela (risos) - Falando assim...Eu não diria objecto de estudo, mas olha que motivo de apostas...

Avisam-se os possíveis apostadores que, se as apostas estiverem passiveis de uma taxa de juro, quero essa quantia para mim. Isto porque auguro que o "caso" não seja resolvido tão brevemente quanto isso, logo tão cedo não haverão conclusões acerca do motivo de aposta.
E já agora, não percam tempo, nem dinheiro, com estas coisas porque eu nem sequer chego a pensar nelas.

Tenho dito !

1 comentário:

Debby disse...

"Aos 25 pensei que me iria casar aos 30. Aos 30 pensei aos 33. aos 33 pensei 35. Agora que já tenho 37 já nem sequer penso nisso. Vou virar-me sozinha. Quero ser mãe. Vou ser mãe sozinha. Vou conseguir o que as outras mulheres conseguem, mas sem ter namorado nem marido. Sou capaz."
Testemunho de uma solteirona, infeliz.